29 de novembro de 2007

das idioten XLVIII

O Metro, jornal de distribuição gratuita, faz hoje capa com a gasolina que os Portugueses vão comprar a Espanha. Estima-se que sejam cerca de 136 milhões de litro/ano. Olhando para estes números de forma rápida deduzimos imediatamente uma perda significativa para as gasolineiras Portuguesas e uma perda de impostos para o Estado. Mas podemos olhar estes números de outra forma. Explicando, quando o protocolo de Quioto entrar em vigor, Portugal vai ter de pagar pelas emissões excessivas de CO2 uma vez que estamos bem acima do limite que nos é imposto. Ora, ao comprar gasolina em Espanha estamos a diminuir (contabilística e financeiramente) as nossas emissões e a aumentar as do vizinho. Estudos dizem até, que esta “redução” é mais significativa que todo o esforço que tem sido levado a cabo nas novas energias (Eólica e Solar). Afinal, somos os maiores…

7 comentários:

jonini disse...

De uma maneira ou de outra, somos e seremos sempre os maiores

Marta Araújo disse...

E ler jornais a sério, não?

filinto disse...

Há sempre uma maneira diferente de olhar o que parece óbvio. i Muy bien !

GRaNel disse...

Não leio o Metro suficientes vezes para poder criticar. Nem positiva nem negativamente. Mas o que ouço não é de todo desfavoravel...

otília disse...

Eu quero um emprego destes, que nos mantem muito ocupados e sem tempo para mais nada! (a boca não é nem para o Fil nem para a Marta- só para a argumentação falaciosa).

Beijinhos

filinto disse...

Non taken, há muitas notícias que se apanham nos blogues, além de que de tempos a tempos é necessário "desligar" por uns minutos para voltar a conseguir estar com a concentração necessária.

maria faia disse...

Granel
não queres fazer um post na casa comum?
há completa liberdade de escolha do tema.