2 de agosto de 2007

A minha perdição


Basta um pratinho de caracois e aproveitando a oportunidade um de ameijoas para me perder. 6 fininhos de seguida e outros tantos cigarros. E eu que estava tão bem sem alcool e tabaco...

Como se não bastasse, antes de pedir ainda passei por este diálogo ridiculo, tão normal no Nortenho que desce ao Sul:

eu - Que cerveja tem?
mulher do tasquinho - Super-Bock, Cristal e Imperial:
eu - E de pressão? Não tem?
mulher do tasquinho - Tenho, claro.

Agora que reparo, devo ter um virus no pc. Não me lembro de ver 7up na mesa...

5 comentários:

jorge c. disse...

Aldrabão!

Anónimo disse...

Eu cá recomendo as ameijoas em cacela-a-velha, numa tasca mesmo ao lado da igreja, onde só se serve meia dúzia de petiscos.
Cacela-a-velha é uma aldeia muito pitoresca e pequena, mesmo ao lado da ria formosa. Basicamente só tem meia dúzia de casas, sendo que uma delas é a casa da igreja.
Eu recomendo! E o pôr-do-sol é lindissimo
...e sei que o MEC lá foi, e que também recomenda!
Profitez-vous!

Luisa

GRaNel disse...

Vou aceitar a sugestão por si. Não seria um rabo como o MEC a levar-me onde quer que fosse.

Marta Araújo disse...

E lá vai o menino 'lá pa baixo' contribuir para a nossa má imagem nortenha, com as suas perguntas tipo anedota. Francamente...

No que ao repasto diz respeito...ameijoas sim, cerveja e cigarrinhos também. 7Up - sendo víruis ou não lol - ainda se aguenta mais ou menos. Agora caracóis? Outra vez a história dos caracóis? Abaixo os caracóis já! :P

joana mana disse...

Agora perguntem ao menino prodígio se convidou a irmã?!!!!