21 de outubro de 2007

desculpem lá...

Campeão Mundial de Fórmula 1

12 comentários:

jorge c. disse...

Não sou um grande fã de carros. Gosto o suficiente. Cresci numa altura de bons corredores Mansel, Picket, Senna, Prost. Mas nunca liguei muito.
Não tenho equipa. Mas também não tenho adversário.
Por estes motivos não lhe dou os parabéns. Até porque o título é provocatório. Não posso dar os parabéns a alguém que fica mais contente com a derrota alheia do que com a sua própria vitória. «Contra tudo e contra todos» - esta filosofia é pequenina demais para que eu lhe possa dar valor.

Kimi Raikonen é um piloto de que gosto bastante. Fico contente por ter ganho. Embora gostasse de uma vitória de Alonso.

lu disse...

...os meus parabéns ao Raikonen, e à Ferrari...

GRaNel disse...

Eu sou da Ferrari. Seja qual fôr o piloto. Ao contrário do que diz não fico contente com o mal dos outros. Mas queria que a Mclaren perdesse. E queria-o porque violou tudo o que é mais sagrado no desporto. Lealdade e justiça.

Kimi é um justo campeão. Venceu 6 das 17 provas do campeonato e não fosse a falta de fiabilidade dos Ferraris no inicio já teria sdioa campeão.

Quanto a Alonso nem comento. E esta vitória é boa para que perceba que não é o melhor e tem de começar a respeitar os adversários.

jorge c. disse...

«Ao contrário do que diz não fico contente com o mal dos outros. Mas queria que a Mclaren perdesse.»

Lá está!

filinto disse...

Puseste-me (tu e eles, a corrida, enfim) a olhar para a TV à hora do lanche. Acho que me resta dar os parabéns aos torcedores. E a quem congeminou (pelos vistos sem "violar" nada) aquelas segundas idas às "boxes"(?). Além dos três primeiros (e do Massa que fiquei a conhecer neste blog), reconheci outro nome, Rosberg, que faz lembrar o meu corredor preferido - god knows why - quando adormecia a ver estas corridas.

GRaNel disse...

Ou se discute com lealdade ou não. A frase tinha continuação...

"Mas queria que a Mclaren perdesse. E queria-o porque violou tudo o que é mais sagrado no desporto. Lealdade e justiça."

Percebe agora???

GRaNel disse...

O Rosberg que viu ontem Filinto é obviamente o filho de Keke Rosberg, campeão mundial em 1982.

jorge c. disse...

Ó Granel toda a gente viu a continuação da frase. Não esteja a fazer filmes onde eles não existem
Ou você assume de uma vez por todas que fica extremamente contente com a derrota alheia ou continuo a chatear. Vossa excelência tenta ser politicamente correcto mas não esconde a labreguice do «contra tudo e contra todos». Essa questão essencial não discute porque sabe que é evrdade.
Uma vergonha, esta tentativa de se esquivar! Seja sincero! Diga com a boca cheia: «Eu quero que a Mclaren se foda!»
Faça-se homem!

GRaNel disse...

Quis este ano e pelas razões que já enunciei. Se não compreende experimente voltar à primária. E já agora, arranje uma ocupação. É que já ninguem o atura.

lu disse...

uhhhh... olhe quem fala!
O Jorge C. tem uma ocupação, se bem que oficiosa, que é de de ser comentador no blog do Eunes. Ele que já perdeu um ano para ler a obra completa de Shakespeare, vai agora perder outro por andar pelos blogs!
O Sr. C. paga-lhe esta ocupação, claro!

lu disse...

Por outro lado, o Sr. M. paga os gadgets hi-tech e as noites na Estação da Luz.

lu disse...

ooops, no 2º acima onde se lê Eunes, deverá ser lido Funes...