6 de agosto de 2007

Danos colaterais de um Verão quente


6 comentários:

Anónimo disse...

Estes eram demasiado grandes... Verdadeiras lesmas!!

jg disse...

Mas onde diabo é que este Miguel apanhou este vício de comer caracóis?!!
Pior; e divulgar que come essa porcaria!!!
Um gajo que se atrevesse, em Barrô, a chegar a qq tasco e pedir caracóis era deportado de imediato. Ás tantas para Aguada de Baixo.

PS- A tua mãe sabe que ingeres estas iguarias?!!!

jorge c. disse...

Ó JG, um dia destes ainda nos chateamos!
Veja lá como é que fala deste petisco! Quanto aí ao pardal fale mal dele à vontade que ele tem a mania!

GRaNel disse...

Caro JG, tenho-o em boa consideração e portanto é para mim uma desilusão saber que não aprecia tal petisco. Tenho mais pena quando sei que tal gosto é condicionado por más influências na sua juventude fruto de uma aldeia que apresenta como cartão de visita a broa com Planta, canela e açucar...

Quanto à minha mãe, a resposta é afirmativa. Ela sabe que bebo umas minis. lol

Aguia disse...

petiscos...................... hrrrrrrrrrrrrrrrrrr ( á lá homer simpson)

Marta Araújo disse...

Estou em plena onda de solidariedade para com o caro Jg. Já se parava com essa divulgação - em jeito de 'como-se-não-houvesse-amanhã' - da degustação de caracóis. Há vícios toleráveis mas este...bolas :S