20 de julho de 2007

Quando o assunto são tachos, os limites vão muito para além do razoável...


A primeira vez que travei conhecimento com a Aliança Democrática Portugal (o site ainda está em preparação mas fica o link) foi no blog de Jorge Ferreira, confesso apoiante de Manuel Monteiro e da Nova Democracia. Fiquei intrigado…
Na sexta passada (leu bem, sexta-feira – as eleições em Lisboa assim o impuseram), foi contra-capa no Expresso que a sigla deste novo partido havia sido registada por Ricardo Alves Gomes (ex-adjunto de Santana em São Bento).
É estranha esta conivência entre ambos, mas pelo menos pode ser que desta vez Monteiro tenha mais votos que o PNR…

2 comentários:

jorge c. disse...

Eles andam aí! O menino guerreiro até tem um blog! Ó p'ra ele a tentar ser moderno. Se há coisa que acho bonito de ver são estas tentativas em falso da direita em se modernizar à pressa.
É claro que estes movimentos não vão a lado nenhum, está visto! Eu vou formar um movimento de extrema esquerda-direita!

fil disse...

Confesso-te que quando me falaste disto pela primeira vez pensei que era uma brincadeira do pessoal da Atlântico. Mas assim ainda é mais engraçado...